História PDF Imprimir E-mail
Sobre Ipeúna - História
Dom, 13 de Maio de 2012 21:03

A história de Ipeúna remonta ao ano de 1890, quando Vicente Barbosa, considerado o fundador da mesma, doou uma área de seis alqueires de terras, na região conhecida como Santa Cruz da Invernada, local onde se ergueu uma capela, cuja padroeira era Nossa Senhora da Conceição. Logo os interessados tomaram posse da área doada e outros compraram terras ao redor desse patrimônio, originando-se assim os primeiros sinais de uma nova comunidade.

Em 1894, o patrimônio é elevado a Distrito de Paz, cujo artigo 1º assim se expressava: "Fica criado com o nome de Santa Cruz da Boa Vista, um Distrito de Paz em Santa Cruz da Invernada", núcleo de população do município de "São João do Rio Claro".

Em 1897, criou-se o Distrito de Paz de Passa Cinco, gerando dessa forma a duplicidade de nome para o mesmo Distrito.

O nome "Passa Cinco", dado ao Distrito, originou-se do rio que banha a região, porque quem partisse da Cidade de São João do Rio Claro, com destino a Santa Cruz, tinha de atravessar cinco águas. A quinta e última a se transpor, ficou conhecida por Passa Cinco.

Em 1906, para dispor da duplicidade de nomes, passou a denominar-se "Ipojuca" , que significa "água suja", situação que prevaleceu até 1944, quando mudou para "Ipeúna", significando "ipê preto".

Em 1964, a Assembléia Legislativa do Estado promulga a elevação do Distrito à categoria de Município.

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Santa Cruz da Boa Vista, por Lei nº 262, de 30 de abril de 1894, no Município de Rio Claro. A Lei nº 1011, de 13 de outubro de 1906 altera a denominação para Ipojuca.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Distrito de Ipojuca figura no Município de Rio Claro. Em divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 31 de dezembro de 1937, figura como distrito judiciário de Ipojuca no Município de Rio Claro. No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938 para 1939-1943, o Distrito permanece no Município de Rio Claro.

Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, passou a denominar-se Ipeúna.

No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei, para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Ipeúna permanece no Município de Rio Claro, assim como nos quadros fixados pelas Leis Estaduais nos 233, de 24 de dezembro de 1948 e 2456, de 30 de dezembro de 1953, para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01 de julho de 1960. Elevado à categoria de município com a denominação de Ipeúna, por Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, desmembrado de Rio Claro. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 21 de março de 1965.

Em divisão territorial datada de 31 de dezembro de 1968, o município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15 de julho de 1999.

Fonte: www.ibge.com.br/